Marco Maria Zanin

Marco Maria Zanin nasceu em Pádua, Itália, em outubro de 1983. Primeiro se formou em Literatura e Filosofia e em seguida em Relações Internacionais, obtendo o grau de Mestre em Psicologia. Ao mesmo tempo, desenvolveu sua carreira artística e amplamente explorada em diferentes partes do mundo, colocando em prática o “deslocamento” tão essencial para uma análise crítica dos contextos sociais e para abastecer sua pesquisa. Mito e arquétipo como as matrizes submersas de comportamento moderno são o foco de sua investigação, que é baseada na observação da relação entre o homem, território e tempo. Seu instrumento de escolha é a fotografia, que é muitas vezes usada com a combinação de diferentes técnicas, transcendendo as fronteiras desta disciplina artística. “Minha pesquisa se desenvolve na análise e comparação dos dois opostos: o que pertence ao mundo das “raízes”, do mito e do arquétipo de um lado e, por outro lado, os fenômenos da superestrutura da era moderna. Os materiais para a minha investigação são os sinais de que o homem deixa na paisagem e ao longo do tempo, como a arquitetura, os instrumentos de trabalho, objetos que expressam a relação do homem com o tempo em que ele vive, na civilização do passado e de hoje. Quando os elementos pertencem a diferentes épocas, eu os sobreponho, removendo-os do seu contexto e jogando um contra o outro. A fotografia me ajuda a reconectar realidade física com espaços metafísicos que se entrelaçam com os lugares mais profundos da identidade humana, onde o silêncio, mais do que qualquer descrição, é o caminho que nos leva mais perto de tocar o que nos rodeia. Neste “espaço fusão ‘, onde o passado e o presente se sobrepõem, também ocorre a possibilidade de construir um canal entre as duas temporalidades.”EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS: 2017 As Obras e os Dias, curadoria de Jacopo Crivelli Visconti – Pivô Arte e Pesquisa, São Paulo, Brasil *Dio è nei frammenti, curadoria de Daniele De Luigi e Serena Goldoni – Galleria Civica di Modena, Modena 2015 Demonumento, curadoria de Alessandra Mauro Galleria Candido Portinari, Palazzo Doria Pamphilj, Rome 2014 O Lado Direito do Avesso, curadoria de Paulo Miyada – Oficina Cultural Oswald de Andrade, São Paulo, Brasil *Etudes Photographiques – Galleria Spazio Nuovo, Rome *Abitare l’Anima, curadoria de Fortunato d’Amico – Fondazione Benetton, Treviso *Il Suono dei Luoghi, curated by Fortunato d’Amico – Spazio Tadini, Milão 2013 Terra Interiore, curadoria de Margherita Maccaferri – Spazio9, Bologna. EXPOSIÇÕES COLETIVAS: 2017 Da diversidade vivemos – Periscopio Arte Contemporanea, Belo Horizonte *Art – History – Collection Parts Project, The Hague *Elogiamos a casa que se abre a perder de vista, curadoria de  Mario Gioia – Galeria Bolsa de Arte, São Paulo *Punctum. Invisibili connessioni – Museo Italgas, Torino *Dark Matter, curadoria de Francesco Mutti – LaBottega, Pietrasanta *Mirabilia – Museo Diocesano, Padova *Giovane Fotografia Italiana, Fotografia Europea – Musei Civici, Reggio Emilia *From Object to Exposure, curadoria de Carlo Sala – TRA, Treviso *Duas Naturezas – Central Galeria, São Paulo *Attualità di Morandi curadoria de Alessia Masi – Museo Morandi, MAMBO, Bologna 2016 Sublimina, curadoria de the curatorial collective of LUISS Master of Art Musei delle Mura, Roma *Talent Prize, esposizione dei finalisti Museo MACRO, Roma *F4 Un’idea di fotografia curadoria de Carlo Sala – Fondazione Francesco Fabbri, Pieve di Soligo, Treviso *Silenzi curadoria de Angela Madesani – Galleria Milano, Milano *Uno sguardo italiano – Rencontres d’Arles, Arles *Periscope curadoria de Claudio Composti – Festival Fotografico Europeo, Milano 2015 Premio Fabbri per le arti contemporanee: Esposizione collettiva dei finalisti curadoria de Carlo Sala – Villa Brandolini, Pieve di Soligo (TV) *Montagna oltre la natura. Il paesaggio interpretato curadoria de Margherita de Pilati – Palazzo Assessorile, Cles *Other Places – Vision QuesT Contemporary Photography, Genova *Mostra delle opere finaliste del Premio COMBAT Prize 2015 Museo Civico Giovanni Fattori, Livorno *Biennale Italia Cina, curadoria de Sandro Orlandi e Mian Bu – ARCA, Vercelli *Arte Fotografia – Galleria Valeria Bella, Milan *The Others, curadoria de Massimo Scaringella – Palazzo Dolfin Bollani, Venice *Ex Post – Galleria Riccardo Costantini Contemporary, Turin *Lo Spazio del Demiurgo, curadoria de Adele Re Rebaudengo – Palazzo Madama, Turin *Bienal del Fin del Mundo curadoria de Massimo Scaringella – Mar del Plata, Ushuaia, Argentina 201498esima Collettiva Giovani Artisti – Fondazione Bevilacqua La Masa, Venice *Wenn wir dich nicht sehen, siehst du uns auch nicht, photographs from the collection of Reyn van der Lugt Huize Frankendael, Amsterdam *Paesaggi Vissuti – Galleria Valeria Bella, Milan *SituAzioni, curadoria de Daniela Trunfio – Fondazione Bottari Lattes, Murazzano (CN) *Cose di Natura, curadoria de Maria Flora Giubilei GAM, Genova 2013 Enquanto Sublime, curadoria de Lucrecia Couso – Espaço Ophicina, São Paulo, Brazil. Residências: 2016 Pivô Arte e Pesquisa, São Paulo, Brasil 2015 Hermes Artes Visuais, São Paulo, Brasil 2014 Casa FONTE, São Paulo, Brasil 2013 Residência Artística FAAP, São Paulo, Brasil Prêmios: Level 0, Art Verona 2016 con Galleria Civica di Modena Premio Fabbri per le Arti Contemporanee, Menzione d’Onore 2016 Agarttha Arte 2014COLEÇÕES: MART – Museo di Arte Moderna di Trento e Rovereto *Museo Morandi, Bologna *Galleria Civica di Modena *SPM – Salsali Private Museum, Dubai *GAM – Galleria d’Arte Moderna, Genova *Archivio Italo Zannier, Venice

Obras

Título: Rua Santo Antonio
Ano: 2013
Dimensões: 145×175 cm
Técnica: Impressão fine art em papel algodão
5 + 2 PA ed. 2/5
Título: Deserto, Padova
Ano: 2012
Dimensões: 80×120 cm
Técnica: Impressão fine art em papel algodão
5 + 2 PA ed. 5/5
Título: Silenzio
Ano: 2015
Dimensões: 50 x 75 cm
Material: Impressão fine art em papel algodão
Título: Individuazione II
Ano: 2017
Dimensões: 50 x 75 cm
Material: Impressão fine art em papel algodão
Fale Conosco