Adriana Mattos

Vive e trabalha em São Paulo, Brasil.
A primeira experiência da artista brasileira Adriana Mattos vem com o mundo da moda, onde inicia seu processo de criação com uma confecção de bolsas exclusivas feitas a mão, trabalhadas com tecidos vintage, bordados e pedras semi-preciosas. Em 2006, passa a se dedicar às artes visuais.
Seu trabalho ganha corpo, sobretudo, na manipulação de materiais diversos, a partir dos quais a artista trabalha com questões de identidade, de comportamento e de cultura contemporânea. Sua obra está baseada em dois elementos essenciais: de um lado, uma destreza e um gosto pela fabricação de objetos (que ela constrói ela mesma); de outro, o estabelecimento de um repertório de motivos extraídos da cultura de massa, pautados por sua própria trajetória. Adriana coleta objetos cotidianos, toma de empréstimo imagens da vida cotidiana, do mundo da propaganda e do design, recombinando-os de uma maneira irônica e inusitada. Assim, a artista vai tratando de questões de fundo da vida atual, que parece se fazer no diálogo entre o indivíduo e a esfera econômica, bem como as condições dadas pela dinâmica cosmopolita, sobretudo de como elas se desenvolvem na cidade de São Paulo e no Brasil.
Desde 2010, Adriana Mattos vem realizando exposições de seus trabalhos e está presente em coleções privadas no Brasil e no exterior.

Obras

Título: Digitais de Cristais
Ano: 2018
Dimensões: 97 x 66 cm
Título: Show me the money (silver)
Ano: 2009
Dimensões: 190 x 90 cm
Técnica: Madeira e folha de prata
Título: Disco
Ano: 2012
Dimensões: 230 cm (circunferência)
Técnica: Disco de alumínio, disco de vinil, registro de músicas
Título: Fly me to the moonshrooms
Dimensões: 220 x 160
Fale Conosco